“A esperança esvazia-nos as mãos para que possamos trabalhar com elas” (Thomas Merton) Cão Hope BH

Não sendo este escrito uma poesia, utilizarei de uma “licença prosaica”. Quando o nome não for citado, a primeira pessoa do plural deste texto será a expressão dos depoimentos de quatro pessoas*. Quatro voluntárias, ou melhor, guerreiras abnegadas que, diariamente, dedicam-se aos cuidados do cão chamado “Hope”.

Hope é um querido cãozinho que, com muita coragem, enfrenta todos os desafios que a vida lhe traz. Está sempre alegre, brincalhão e demonstra muita gratidão pelos amorosos cuidados que recebe do grupo de jovens que o acolheu.

Hope foi resgatado no Aglomerado da Serra (Belo Horizonte), em uma das missões humanitárias realizada pela Juventude Missionária pela Paz, no final de junho de 2018. Ele fora atropelado por um ônibus e estava há 4 dias abandonado na rua. As suas patas traseiras não se movimentavam. Atualmente, ele está em um lar temporário e recebe cuidados diários.

Cão Hope BHO grupo Juventude pela Paz de Belo Horizonte iniciou uma campanha de adoção do Hope. Nesse intuito, o grupo levou-o a uma Feira de Adoção de Animais realizada no domingo, dia 23 de dezembro de 2018. Hope interagiu com muitas pessoas e também com outros cachorros que passeavam no local do evento. Ele não foi adotado, mas a campanha de adoção continua na busca por um lar amoroso que acolha esse ser especial.

Mirelle Veloso comenta sobre o crescimento interior ensejado pelo auxílio ao Hope: “Romper os desafios do cotidiano de trabalho, esquecer o cansaço, atravessar a cidade e me entregar aos seus cuidados têm sido uma oportunidade única de viver o amor na forma mais pura que consigo expressar. Hope representa, pra mim, o apelo do reino animal pela nossa transformação interior. Ele me ensina e me ajuda na cura do egoísmo”.

Sarah Grossi fala sobre o poder transmutador do serviço: “É muito incrível como as coisas acontecem. A gente está no dia a dia, na ‘correria’ e, muitas vezes, nem nos lembramos de fazer alguma coisa legal para o próximo. Daí, vou lá servir ao Hope, cansada, e saio renovada, como se eu tivesse saído de um revigorante banho de mar”.

Marcela Pardini, por sua vez, revela que o “Hope trouxe uma nova perspectiva para a minha vida. Desde que ele foi resgatado pelo grupo, de uma forma muito natural, parece que se instalou em mim um senso de responsabilidade em relação àquele ser, e isso se refletiu também no trabalho espiritual, como um todo. Parece que o comprometimento que existe com ele se expandiu para o serviço, de uma forma geral. Hoje, sinto que essa entrega em relação ao Hope é parte de um compromisso maior, que precisava ser firmado de uma vez por todas com a minha alma”.

Mônica Vieira acrescenta: “O gesto de zelar e de perceber as necessidades do Hope tem promovido em nosso interior grandes transformações”.

O filósofo espiritualista brasileiro José Trigueirinho Netto ensinou que devemos cuidar dos animais como “pessoas” e dos humanos como “almas”.

Outra lição depreendida da experiência com o Hope é a tradução do seu nome em português: o cultivo da “Esperança”. Persistir, mesmo em um contexto difícil, é um aprendizado constante. Hope tem ensinado o grupo a fazer o bem, para além das meras palavras, e viver a entrega ao serviço, colocando em primeiro lugar o outro.

Cão Hope BH

Esse cãozinho mostra que as limitações, diante das situações, quem coloca somos nós mesmos, sobre nós mesmos. Ele não tem consciência e não reflete sobre o fato de que suas patinhas traseiras não funcionam. Ele simplesmente vive e faz tudo o que está ao seu alcance. Ele se movimenta como se não tivesse limitações.

É um grande mistério para todos nós o que vai acontecer com ele. É um grande mistério o futuro do Hope. E mais uma vez nos deparamos com o desconhecido e entregamos, confiando que Deus vai encaminhar o que for melhor. O que cabe a cada um de nós é agradecer por esse ser, por esse amor que nos é retribuído cada vez que a porta do seu quarto é aberta, e ele vem ao nosso encontro, cheio de alegria e vontade de viver.

 

Abaixo o vídeo da campanha de adoção do Hope. Hope precisa de um novo lar e conta com você para conseguir um com muito amor!

https://www.instagram.com/p/BrSxs3AjjOl/

Adote!

Divulgue em suas redes sociais e para os seus contatos!

Gratidão!

* Depoimentos das voluntárias: Marcela Pardini, Mirelle Veloso, Mônica Vieira e Sarah Grossi

Mais informações sobre o grupo Juventude pela Paz de BH e/ou sobre o Hope:

(31) 9 9140-2050 (WhatsApp)

(31) 9 9384-9872 (WhatsApp)

Instagram Hope:  https://www.instagram.com/resgate.hope/