Natureza e Sustentabilidade: Cotidiana Tecnologia

//Natureza e Sustentabilidade: Cotidiana Tecnologia

Estarmos imersos na tecnologia é parte de nossas vidas: computadores, tablets, celulares, televisores, eletrodomésticos, etc. Em alguns casos, ainda que quiséssemos fugir deles, são oportunos e necessários, precisamente porque são nossos instrumentos de trabalho.

Lixo eletrônico

Esses aparelhos, quando deixam de ser úteis ou sua vida útil caduca, passam a ser parte do lixo que ninguém quer ter em sua casa, e são chamados resíduos eletroeletrônicos. Esse tipo de resíduo, que na atualidade não tem uma forma de ser tratado como tal, é altamente perigoso, pelo fato de sua maioria possuir substâncias tóxicas tanto para o meio ambiente como para a saúde humana (Aguilera, 2010).

O que é necessário saber sobre esse tipo de lixo?

Esses resíduos são perigosos devido à presença de substâncias tóxicas em sua constituição, tais como metais pesados (arsênico, cádmio, cromo, chumbo, mercúrio e selênio), dispositivos de pilhas e baterias, além de vidros e outros.

Dessa maneira, os resíduos eletrônicos e elétricos provocam a contaminação do ar, da terra e da água; através de processos de dissolução, suas substâncias tóxicas se infiltram nas camadas de água chegando aos rios e oceanos, tornando-os assim nocivos ao meio ambiente.

Descarte de pilhas e baterias

A presença de pessoas nos lixões, que manipulam tais resíduos com o fim de obter o plástico, o vidro ou outros materiais, também gera riscos, devido ao contato direto com as substâncias tóxicas.

Que fazemos com eles, então?

De que maneira colaboramos com nosso planeta?

Reciclar esses resíduos pode ser uma solução para essa situação e, ainda que certas nações tenham avançado neste tema, na atualidade cerca de 90% acabam nas lixeiras depois de terem sido abandonados nas ruas.

Fomentar a diminuição de seu uso, em nossas próprias vidas e em nosso entorno, e sua reciclagem, levando-os a empresas responsáveis por sua produção. Trabalhar em fraternidade com todos (municípios, empresas, universidades, etc.) para que essa energia se expanda por todas as nações que ainda não se tornaram conscientes desta situação planetária.

Tomar consciência de que eles podem ser nocivos à nossa saúde e ao planeta; fazer que a energia de conscientização chegue a nossos irmãos através do instrumento que a Mãe nos deu: o Festival da Juventude pela Paz.

Bibliografia
Aguilera, L.H. La basura electrónica y la contaminación ambiental. Enfoque 1: 46-61.

Fraternidade

2019-01-12T11:45:01+00:0012, jan 2019|Reino da Natureza|