Juventude Missionária no Sertão Nordestino: Amar sem medidas

//Juventude Missionária no Sertão Nordestino: Amar sem medidas

“Pelo espírito de Amor encarnado no coração de Madre Teresa de Calcutá,

que todos os seres de boa vontade despertem para o serviço.”

(Devocionário à Santa da Caridade, Madre Teresa de Calcutá)

Mochila nas costas e pé na estrada. Foi assim que começou a quarta-feira (1º/05) para um grupo de sete jovens representantes da Campanha da Juventude pela Paz no nordeste brasileiro.  A viagem, porém, não se tratava de um mochilão de férias, mas sim de um forte chamado ao serviço voluntário.

A 9º missão regional no sertão nordestino – Brasil, promovida pela Fraternidade – Federação Humanitária Internacional – acolheu de braços abertos jovens de diferentes estados brasileiros (Bahia, Sergipe, Pernambuco, São Paulo e Paraná), que buscavam viver suas primeiras experiências missionárias. Reunidos por meio da missão, o grupo deu os primeiros passos no aprendizado da solidariedade e do esquecimento de si.

Prática de Agrofloresta

Trabalhando com a Terra: Agrofloresta

O grupo de missionários da Fraternidade – que levam à frente um trabalho ecumênico e sem vínculo com nenhuma instituição religiosa – foi recebido de forma fraterna pelo grupo Cáritas da igreja Católica local, que apoiou as ações. As atividades começaram na quinta-feira (02/05) com uma roda de diálogo sobre agrofloresta, entre líderes comunitários e missionários na sede da Cáritas, em Palmeira dos Índios – AL. O trabalho com a terra também foi considerado sob a perspectiva do resgate das tradições familiares na zona rural da cidade.

A agrofloresta, como ferramenta, inspira a cooperação entre os seres, por meio do entendimento das relações existentes entre as diferentes espécies da natureza. Depois do estudo sobre agrofloresta, os missionários iniciaram o preparo de um terreno para receber sementes, como feijão de porco e maxixe, deixando o cultivo aos cuidados da comunidade.

Resgatando sorrisos

Durante a sexta (03/05) e o sábado (04/05), os jovens missionários prepararam brincadeiras e jogos, e se integraram ao grupo de serviço com crianças. Os missionários viveram dois dias de intensas atividades: coloriram desenhos no chão, jogaram escravos de Jó, pularam amarelinha, procuraram formas nas nuvens. Como um resgate do encantamento da infância, o grupo trabalhava em uma única força-tarefa em busca dos sorrisos espontâneos que as brincadeiras arrancavam das crianças.

Jovem missionário no sertão nordestino

A comunidade visitada no sábado reunia cerca de 800 crianças em risco social. As necessidades eram muitas, e se apresentavam aos jovens através das crianças que pediam brinquedos, mochilas, sapatos. Sem conseguir suprir todas as necessidades materiais, os missionários respondiam aos pedidos com abraços, conversas, histórias e jogos. Aos poucos, o grupo foi aprendendo que apenas uma coisa supria todas as necessidades, em essência: o amor.

“É uma intensa experiência de esquecimento de si. Durante a missão não tem como pensarmos em nossos problemas individuais e necessidades. Saímos com o coração feliz” – Sintetiza Heide, representante do grupo jovem de Salvador.

Fique ligado! O próximo Festival da Juventude pela Paz ocorrerá em terras nordestinas: dia 28 de julho em Salvador!

Confira mais informações no site oficial do festival:

salvador.juventudepelapaz.org


Missão Sertão

2019-06-20T14:47:43+00:0020, jun 2019|Servir juntos|